tudo pode dar certo

O que a princípio parece uma enorme fraqueza de Tudo Pode Dar Certo, filme mais recente de Woody Allen, no fim se justifica como aquilo que ele apresenta de mais interessante. É a entrada em cena dos pais da personagem de Evan Rachel Wood, uma jovem que fugiu da masmorra sulista para tentar as emoções de Nova Iorque.

A primeira impressão é que os pais só aparecem para que o filme retome o fôlego, numa típica artimanha de quem só está se garantindo através do roteiro. Não que isso seja novidade na obra de Allen, muito pelo contrário, é o que realmente acontece, a presença dos dois, em momentos-chave, acaba proporcionando novas possibilidades a um fiapo narrativo limitado – o relacionamento entre um velho e rabugento intelectual com a tal jovem.

O desenrolar, entretanto, mostra que os personagens não estão ali apenas para sustentar o roteiro. Porque eles praticamente justificam a existência do filme. O casal protagonista é ótimo, tem seus momentos, arranca risadas, mas o que se destaca no mais do mesmo de Woody Allen é a bela espetada no ainda poderoso conservadorismo norte-americano.

Fica claro que Allen,  depois de anos filmando em outros países, estava louco para poder desfilar comentários venenosos sobre os Estados Unidos (e nesse sentido o filme se aproxima de um ensaio, ou até de uma crônica). Um retorno que não deixa de ser uma bonita declaração de amor à Nova Iorque, pois é no contato imediato com a cidade que os pais da menina conseguem quebrar a casca ultra-conservadora.

Há quem diga que Allen se tornou irrelevante. Não sei se posso discordar completamente disso, demorei bastante para ver Tudo Pode Dar Certo, não me pareceu um filme imperdível. Mas enquanto houver um Estados Unidos, é maravilhoso que exista um Woody Allen, sujeito que tem o dom – raro – do olhar para si.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s