mike love not war

Mike Love é um sujeito injustiçado. Até hoje permanece como o vilão da história dos Beach Boys. Só lhe cabe isso. Esquecem tudo de bom que o cara fez, do papel fundamental nas harmonias vocais às sublimes composições. Curioso que todos na banda encrencaram com as pirações de Brian Wilson, mas o tridente ficou mesmo com Mike.

Mas eu gosto do inferno, ainda mais quando ele oferece uma canção como All I Wanna Do, presente na coleção de maravilhas que é o disco Sunflower, de 1970. Parceria entre Brian e Mike, é uma mais belas dos Beach Boys. E tem uma gravação diferente de tudo que se produzia naqueles anos, cheia de atmosfera, como se Mike Love – adepto fervoroso da meditação transcendental – estivesse cantando dentro de uma caverna no Himalaia.

Anúncios

2 respostas em “mike love not war

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s