giallo – reféns do medo

Poderia ser uma ótima supresa o fato de Giallo – Reféns do Medo, novidade de Dario Argento, não ser um giallo – subgênero do cinema de horror italiano que rendeu obras maravilhosas, principalmente na década de 70, e que tem o próprio Argento como um dos mestres. Mas não é. A impressão é que todos os bons ganchos no filme foram desperdiçados.

A (ainda) gata Emmanuelle Seigner está inexpressiva, as cenas de assassinatos não concorrem a nenhuma antologia, a fotografia é preguiçosa (as únicas sequências que parecem bem trabalhadas são os flashbacks). Não que as produções recentes do cineasta italiano credenciem alguma esperança, mas um filme chamado Giallo, e feito por quem fez, merecia um algo mais.

O enredo é alimentado por traumas infantis, tema extremamente explorado na filmografia de Argento. Tanto o policial, quanto o assassino, sofrem com experiências perturbadoras dos tempos de criança. No início, parece que o filme até vai engrenar, as ambiguidades dos personagens dão um tom interessante. O roteiro, no entanto, acaba seguindo o caminho do previsível.

E Giallo segue morno até o fim. Mesmo o desfecho, que não deixa de ser uma imagem interessante, perde a sua força diante do restante da obra. Após ver o filme, a pergunta é inevitável: Dario Argento ainda precisa fazer obras como essa?

É louvável que o cineasta não tenha tentado atualizar o seu estilo nos moldes do horror contemporâneo, mas a sua obra atual não se sustenta. Mãe das Lágrimas, o filme anterior, já havia sido um chute no vento (ainda mais por fechar a trilogia dos maravilhosos Suspiria e A Mansão do Inferno). Giallo é ainda mais desinteressante, acaba depondo contra a importância do próprio Argento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s